PROJETOS

Aqui você conhecerá o Projeto Alcançando o Sertão e mais 02 projetos auxiliares: Geração Esperança, que realiza ações especificas com Crianças e Adolescentes, e o Clamor dos Esquecidos: Quem me Valerá? Este último desenvolve ações evangelísticas específicas na Zona Rural.




PROJETO ALCANÇANDO O SERTÃO.

Região Nordeste é a segunda região mais populosa do Brasil, com mais de 53 milhões de pessoas. 
O interior dos nove Estados do Nordeste forma o chamado Sertão Nordestino. Uma das regiões mais carentes e problemáticas do mundo. 


redenção do Nordeste é compromisso moral, espiritual e social dos evangélicos de todo o Brasil. Com o Nordeste redimido, em todos os aspectos, o país será melhor. Alguém já disse: "O Brasil é pobre porque o Nordeste é miserável". Mas na verdade, o Nordeste é uma terra rica de gente pobre. 

PROJETO ALCANÇANDO O SERTÃO tem como objetivo cooperar na EVANGELIZAÇÃO da população dessa região, na plantação e no fortalecimento de igrejas existentes. 

Nossa missão é promover, facilitar e apoiar a EVANGELIZAÇÃO do Sertão Nordestino de forma integral e consequentemente estabelecer igrejas com visão missionária. 

TRÊS REALIDADES DA REGIÃO NORDESTE              

Há três REALIDADES no Nordeste do Brasil que A Igreja comprometida com a obra missionária precisa conhecer como 

I. REALIDADE: O NORDESTE DAS CAPITAIS E GRANDES CIDADES. 

As famosas praias, shoppings, comércio movimentado. Neste Nordeste existe uma grande concentração de igrejas evangélicas. Esta IGREJA PRECISA SER DESPERTADA para fazer missões no SERTÃO. 


                              

II. REALIDADE: O SERTÃO NORDESTINO DAS PEQUENAS CIDADES.

É o Nordeste da miséria humana; predominantemente católico, extremamente idólatra, onde o catolicismo popular estar presente na vida do sertanejo.

A crença em Frei Damião, no monte do galo,  em Santa Rita, Padre Cícero e tantos outros ídolos católicos, é cultura sertaneja e tem escravizado o sertanejo. O Sertão nordestino apresenta um dos menores índices de evangélicos do Brasil. Nesta área está à maioria das cidades menos evangelizadas do Brasil. No Sertão a presença da igreja evangélica é tímida e sua influência é fraca e sem expressão. Esta região precisa da proclamação do evangelho de forma abundante. Esta IGREJA PRECISA SER FORTALECIDA pelas igrejas dos grandes centros.
       


III. REALIDADE: A ZONA RURAL DO SERTÃO NORDESTINO. 

Milhares de comunidades rurais, onde vivem cerca de 15 milhões de pessoas, que clamam ano após ano por uma oportunidade relevante de ouvir o evangelho. São vilas, povoados, comunidades e sítios que não têm nenhuma presença da igreja de Jesus Cristo. A realidade do Sertão Nordestino ainda é de milhares de aglomerados humanos (povoados, vilas e vilarejos) sem a presença evangélica. Em algumas localidades os índices são tão alarmantes quando a países da África, Índia e ChinaA mesma situação de países onde é proibido pregar o evangelho. Neste Sertão PRECISAMOS PLANTAR IGREJAS, realizar projetos missionários e investir na EVANGELIZAÇÃO do sertanejo que vive na Zona Rural. 





OBJETIVOS E ESTRATÉGIAS

1. DESPERTAR MOBILIZAR 
igrejas e pessoas em todo o Brasil para que cooperem com a Evangelização do Sertão Nordestino; promover ações específicas com o mesmo objetivo.


2. Investir na FORMAÇÃO, TREINAMENTO CAPACITAÇÃO de líderes do Sertão objetivando transformar o campo em um celeiro de obreiros, principalmente para servir a Deus na sua própria região dentro do seu contexto cultural. 
             
3. LEVANTAR recursos para APOIAR projetos no Sertão Nordestino e ENCORAJAR a igreja sertaneja a cumprir seu papel como corpo de Cristo no Sertão. 
4. REALIZAR projetos de férias nas cidades, na zona rural do Sertão, trazendo pessoas de todo o Brasil para a evangelização, plantação e fortalecimento de igrejas nessa área. 
5. DESENVOLVER trabalho social especialmente nas comunidades rurais. 

METAS E ATIVIDADES

1 - Manter um Centro DE Treinamento Missionário no Sertão Nordestino - Uma escola de treinamento bíblico, teológico, estratégico e acima de tudo prático, que visa fornecer ferramentas de trabalho aos líderes que trabalham no Sertão.
2 - Incentivar a plantação de igrejas no Sertão Nordestino, encorajando a igreja sertaneja a cumprir seu papel como Corpo de Cristo no Sertão. 
3 - Realizar eventos de oração e intercessão em cidades do Sertão Nordestino. 
4 - Identificar igrejas e missionários que atuam ou desejam atuar nessa região e cooperar com elas. 
5 - Mapear e diagnosticar a realidade do Sertão Nordestino, identificando suas necessidades e potencialidades. 
6. Realizar caminhadas de oração com o objetivo de buscar a bênção do céu sobre cidades do Sertão Nordestino.
Entendemos que uma ação evangelística nessa região, profunda e ampla, tem necessariamente de contar com o alicerce firme de um movimento forte de oração. Nossa meta é despertar intercessores em todo o Brasil em favor dessa ação no Sertão Nordestino.      

O DESAFIO DA EVANGELIZAÇÃO DO SERTÃO

O Sertão é a fronteira mais próxima e mais negligenciada da Igreja Brasileira. É o maior desafio missionário da Igreja do Brasil. 

A Igreja do Senhor precisa entrar em ação e anunciar ao povo sertanejo, principalmente os menos alcançados, que JESUS CRISTO É A ÚNICA ESPERANÇA. 

Precisamos atender ao "IDE" e realizar missões no campo sertanejo. CONHEÇA! AME e EVANGELIZE o povo sertanejo. 

Precisamos olhar o Sertão Nordestino não apenas com um CAMPO MISSIONÁRIO, mas também como um CELEIRO DE MISSÕES, pois não temos dúvidas que a EVANGELIZAÇÃO do mundo tenha passagem obrigatória pelo Sertão. 

As sementes do Evangelho que são lançadas no Sertão e as que cairão em terra fértil darão o seu fruto na estação apropriada. Estas sementes representam a esperança para um povo que sofre da pior seca: VIVER SEM A ESPERANÇA DE JESUS CRISTO. 

                            



O SERTÃO É UM CAMPO MISSIONÁRIO QUE CLAMA!

Que este clamor chegue aos ouvidos do nosso coração, gritos de desespero dos povos sem esperança que ainda não ouviram a mensagem de salvação em Cristo. 
Multidões espalhadas pelos confins do Nordeste que carecem de nossa ajuda; ajuda que deve ser urgente e inadiável, pois a cada dia que a mensagem de salvação demora a chegar, muitos morrem sem Cristo. 
São milhares de sítios e povoados, sem nenhum evangélico. Deus, com certeza, não mede a eficiência de uma igreja pelo seu número de fiéis, mas pela prioridade que esta está dando aos não alcançados. 
Queremos transformar este desafio em pedido de oração e também convidá-los a se integrarem neste exército de pessoas comprometidas e dispostas a mudar a situação do Sertão Nordestino. Embarque conosco neste projeto e juntos alcançaremos o Sertão com o Evangelho de JESUS CRISTO. 



PARCERIAS E PRESTAÇÃO DE CONTAS 

1. Parceria: Necessitamos de parceria e investimento para a evangelização do Sertão Nordestino com o objetivo de ampliar a evangelização dessa região, O Projeto Alcançando o Sertão propõe a desenvolver parcerias com igrejas de todo o Brasil e levantar recursos financeiros que serão aplicados na plantação de novas igrejas no Sertão. 
2. Prestação de Contas: Projeto Alcançando o Sertão enviará relatório periodicamente aos parceiros e investidores para prestação de contas. 

GESTORES DO PROJETO 

1.  PR. SILVANY LUIZ DA SILVA 
Pr. Silvany Luiz da Silva é casado com Maria do Socorro Oliveira Silva, é pai de Vanessa Giovanna e Giovanni Yan. É baiano de nascimento e potiguar de coração. Formado em Serviço Social, Bacharel em Teologia e Educação Cristã, tem Especialização na área de Metodologia do Ensino e atualmente é Acadêmico de Direito. Missionário no Sertão Nordestino e fundador de Igrejas em varias cidades do sertão Nordestino, fundador do Projeto Geração Esperança, o Instituto Bíblico do Sertão e do PROJETO ALCANÇANDO O SERTÃO. 
                    
2. MARIA DO SOCORRO OLIVEIRA SILVA. 
Maria do Socorro Oliveira Silva é casada com o Pr. Silvany Luiz da Silva, é mãe de Vanessa Giovanna e Giovanni Yan, é potiguar da região do Seridó - Sertão do RN. Formada em Serviço Social, Educação Cristã, fez o curso da APEC e tem PÓS-GRADUAÇÃO EM POLÍTICAS PÚBLICAS DE PROTEÇÃO SOCIAL E SERVIÇO SOCIAL. Missionária no Sertão Nordestino nos últimos 19 anos e coordena as ações do Projeto Geração Esperança que pertence ao PROJETO ALCANÇANDO O SERTÃO. 


FAMÍLIA MISSIONÁRIA NO SERTÃO

Pr. Silvany Luiz da Silva.
Socorro Oliveira Silva.
FILHOS
Vanessa Giovanna Oliveira Silva
Giovanni Yan Oliveira Silva.


    JUNTOS ALCANÇANDO O SERTÃO!

                  ORE  #  CONTRIBUA  #  PARTICIPE!

CONTATOS:

84 - 99847 - 8939 - TIM
84 - 99438 - 1316 – CLARO
84 - 98807 - 1552 - OI

E-MAIL:

sluizrn@yahoo.com.br
promas97@yahoo.com.br


ABAIXO VOCÊ VERÁ MAIS INFORMAÇÕES SOBRE  O CAMPO MISSIONÁRIO NO SERTÃO NORDESTINO!!!




SERTÃO: UM CAMPO MISSIONÁRIO QUE CLAMA!


O NORDESTE BRASILEIRO tem sido alvo das mais terríveis secas registradas no nosso país. Secas essas que dizimam seres humanos e animais. A seca, a injustiça social e a falta de vontade política, fizeram com os sertões nordestinos se tornassem "miseráveis" e em muitos lugares inabitáveis. No Sertão também milhares de pessoas são vítimas da pior seca e da maior calamidade: VIVER SEM A ESPERANÇA DE JESUS CRISTO. 

A região do Sertão tem sido uma das menos evangelizada do Brasil. Ainda existem muitas cidades com apenas 1% de evangélicos, além de muitas outras vilas, povoados, comunidades e sítios que não têm nenhuma presença da Igreja de Jesus Cristo. 

O povo sertanejo vive escravizado por toda sorte de amarras e mazelas. Precisamos alcançar o Sertão com a mensagem de ESPERANÇA de Jesus. Sua EVANGELIZAÇÃO é questão de honra ao nosso Deus e de socorro ao sertanejo que se degenera numa ignorância que só dá lucro a idolatria e ao reino das trevas.


A TRADIÇÃO E A RELIGIOSIDADE DO POVO SERTANEJO

1. Conservadorismo - Quanto mais velho = mais conservador. 
2. Resistência a novos conceitos - O Evangelho é um novo conceito. 
3. Forte elo nas tradições familiares - "Vou continuar na religião dos meus pais até morrer", "Nasci nesta religião e vou morrer nesta religião". 
4. As Festas do(a) Padroeiro(a). 
Para que haja a emancipação política da cidade, uma grande quantidade de terra (terreno) é doada à igreja católica romana, então é construída a "Matriz" (templo católico) e a cidade nasce ao seu redor. Aqueles que migram para outros Estados ou regiões, por ocasião destas festas voltam a sua cidade, trazendo a oferta para o "santo", para tomar a "bença" aos padrinhos de batismo e rever amigos, parentes e conterrâneos. 
5. As Romarias. 
Tem sido uma grande cadeia que o diabo lança sobre o povo sertanejo. O inimigo tem feito do Sertão Nordestino um laboratório de desgraças e destruição moral, ética e espiritual. Durante anos a Igreja Católica tem mantido o povo oprimido e preso à miséria e a autoflagelação, pois muitos sertanejos já perderam suas vidas fazendo romarias, viajando centenas de quilômetros em cima de caminhões e até a pé para pagar promessas. Outros doaram suas terras à paróquia da sua cidade. Missas, casamentos e batizados sempre são pagos pelos fiéis. 
6. A população é predominantemente católica, idólatra ao extremo e ignorante em relação à Palavra de Deus. As pessoas vivem fechadas na sua religiosidade tradicional, vazia e idólatra. O catolicismo é muito forte, dinâmico, atuante e muito influente. 
7. A forte influência e dominação da Igreja Católica. 
Mariolatria, Cicerolatria, Damiolatria e escravocracia religiosa. 
O Sertão Nordestino é influenciado grandemente pelo catolicismo e seus ídolos. Pe. Cícero, Frei Damião, São Francisco e inúmeros ídolos católicos exercem grande influência na vida cotidiana do sertanejo. 


CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES

A Igreja Católica tornou-se cultura. Quase 100% das cidades e lugarejos possuem um grande templo católico há mais de 100 anos. Em quase todas as cidades existem 03 ou mais templos católicos e em cada vila da Zona Rural também tem um templo. O sertanejo é profundamente místico, sensível, presente e amante do sagrado. 
O maior obstáculo ao avanço missionário no Sertão continua sendo a tradição religiosa do sertanejo. As raízes culturais são profundas e o povo, apesar de acolhedor, não se move muito facilmente do caminho trilhado pelo seus pais. Somente por meio da ação do Espírito Santo de Deus é que os homens são demovidos dos seus caminhos e aceita de bom grado o Senhor Jesus. 

A NECESSIDADE ECONÔMICA DO SERTANEJO

a) A população vive com dificuldades terríveis, pois grande parte da população não possui um salário e outros sobrevivem com uma renda baixa e uma vida difícil. 
b) Poucas opções de trabalho e de atividades econômicas (o índice de desemprego é grande).

A NECESSIDADE DA PRESENÇA DA IGREJA EVANGÉLICA

No Sertão a presença evangélica é fraca, sem influência, inexpressiva e sem força. A evangelização desta região representa um grande desafio á cultura religiosa, a situação socioeconômica da região e principalmente a situação espiritual do povo sertanejo. 

HÁ UM CLAMOR NO SERTÃO: QUEM ME VALERÁ?

"De fato, tenho visto a aflição do meu povo... e tenho ouvido o seu clamor por causa dos opressores" Êxodo 3:7. 

1. É necessária uma ação missionária que corresponda ao clamor do povo sertanejo. 
2. É necessário mobilizar igrejas de todo o Brasil para cooperar na EVANGELIZAÇÃO do povo sertanejo. 
3. É necessário investir na EVANGELIZAÇÃO e plantação de igrejas no Sertão Nordestino, principalmente na Zona Rural. 
4. É necessário apoiar e cooperar com igrejas e obreiros que já estão envolvidos na EVANGELIZAÇÃO do povo sertanejo. 
5. É necessário ABRAÇAR DESAFIO e fazer parte do exército de pessoas comprometidas e dispostas a mudar a situação do Sertão transformando por meio de ações e oração.



O Sertão é a fronteira mais próxima e mais negligenciada da Igreja Brasileira. É o maio desafio missionário da Igreja do Brasil. 

Que o CLAMOR do povo sertanejo chegue aos ouvidos do nosso coração, gritos de desespero dos povos sem esperança que ainda não ouviram a mensagem de salvação em Cristo possa ecoar aos nossos ouvidos.

Há    multidões espalhadas pelos confins do Nordeste que carecem de nossa ajuda; ajuda essa que deve ser urgente e inadiável, pois a cada dia que a mensagem de salvação demora a chegar, muitos morrem sem Cristo. 


São milhares de sítios e povoados, sem nenhum evangélico. Deus, com certeza, não mede a eficiência de uma igreja pelo seu número de fiéis, mas pela prioridade que esta está dando aos não alcançados. 
As sementes do Evangelho que são lançadas no Sertão e as que cairão em terra fértil darão o seu fruto na estação apropriada. Estas sementes representam a esperança para um povo que sofre da pior seca: VIVER SEM A ESPERANÇA DE JESUS CRISTO. 
A Igreja do Senhor precisa entrar em ação e anunciar ao povo sertanejo, principalmente aos menos alcançados, que JESUS CRISTO É A ÚNICA ESPERANÇA! 


=======================================

ZONA RURAL



O CLAMOR DOS ESQUECIDOS: QUEM ME VALERÁ? 


ZONA RURAL DO NORDESTE: UM CAMPO MISSIONÁRIO QUE CLAMA! 

O Sertão representa um grande desafio de evangelização e plantação de igrejas. Conhecido pelos evangélicos como a Janela 10/40 do Brasil, a Região continua sendo uma das menos evangelizadas do país. Portanto, é hora da igreja focar seus esforços em favor da evangelização e plantação de igrejas em áreas mais carentes do Nordeste, que são os sertões e principalmente a zona rural sertaneja.


I - ZONA RURAL DO NORDESTE: UM CAMPO MISSIONÁRIO QUE CLAMA!

à O CLAMOR DOS ESQUECIDOS é um desafiante projeto de evangelização do povo sertanejo que vive na zona rural do sertão nordestino e que representa um grande desafio para a igreja evangélica do Brasil.
à O PROJETO O CLAMOR DOS ESQUECIDOS tem sido um instrumento de Deus para fazer o evangelho chegar ao povo nordestino que vive nas comunidades, povoados, sítios e lugares de difícil acesso no Sertão.
à QUEM ME VALERÁ? Este é o grito dos que estão sendo esquecidos, inclusive pela igreja. A igreja evangélica brasileira precisa ouvir este GRITO e atender a este CLAMOR.

II - POR QUE EVANGELIZAR A ZONA RURAL?

à
 É uma área que possui cerca de 15 milhões de habitantes e tem menos de 0,1% de crentes, com milhares de comunidades rurais sem a presença de uma igreja evangélica.
à É uma área que sua população é predominantemente católica, idólatra ao extremo e ignorante em relação à Palavra de Deus.
à É a Região com o maior número de crianças trabalhando.
à É a Região com o maior índice de pessoas desempregadas do país.
à É a Região do Brasil que apresenta os piores índices sociais, tais como: analfabetismo, desnutrição, evasão escolar, renda familiar muito baixa, falta de assistência médica e odontológica, etc. Portanto, carente de serviços sociais, de saúde e principalmente de ações espirituais.




III - O DESAFIO DE ALCANÇAR A ZONA RURAL.

à A zona rural continua esperando pelas boas novas de amor, de paz e de redenção espiritual.
à O desafio de alcançar este povo precisa ser encarado de forma urgente pela igreja evangélica brasileira.
à Esta é a hora de uma ação radical direcionada para alcançar o povo sertanejo que vive na zona rural.
à Seja um instrumento de Deus na busca da redenção do homem perdido, vamos juntos trabalhar em prol da salvação dos sertanejos.

IV - O QUE SIGNIFICA ALCANÇAR:

1 - Evangelizar todas as pessoas destas comunidades.
2 - Discipular e batizar as pessoas que tomarem uma decisão de seguir a Jesus.
3 - Implantar uma igreja em cada grupo evangelizado.
4 - Acompanhar no desenvolvimento cristão das pessoas.
5 - Continuar evangelizando as pessoas descrentes que moram nessas comunidades que já tem a presença da igreja.




V - COMO ALCANÇAR:

1. O Projeto está desenvolvendo trabalhos em algumas comunidades rurais, e já estamos pesquisando, mapeando e pretendemos alcançar outras no Sertão Nordestino.
2. Fazer parcerias com igrejas e pessoas interessadas, para sustentar missionários que trabalham especialmente na zona rural.
3. Realizar projetos missionários e de ações sociais nas comunidades rurais.
4. Sustentar e manter missionários com o objetivo de evangelizar, discipular e acompanhar as pessoas que vivem na zona rural.

VI. CAMPO DE ATUAÇÃO DO PROJETO

1 - Sertão do Seridó no estado do Rio Grande do Norte.
2 - Sertão da Bahia – Pilão Arcado possui uma das maiores áreas rurais do Brasil. Existem mais de 600 lugares na Zona Rural e a grande maioria sem a presença da igreja e com carências sociais. O município de Pilão Arcado corresponde à metade do ESTADO DE SERGIPE.
3 - O Projeto continuará avançando em outras comunidades de outros estados do Nordeste.





VII – NECESSIDADES:

1. O sustento dos missionários que trabalham nessa região representa uma grande necessidade e um grande desafio.
2. Aquisição de motos que serão de grande utilidade para o trabalho dos missionários na evangelização e desenvolvimento do trabalho.
3. Projetor de multimídia, principalmente para apresentar filmes.
4. Bíblias, Novos Testamentos, histórias bíblicas e material didático para trabalhar com as crianças.
5. Uma caminhoneta que será utilizada no transporte quando formos promover missões nas igrejas e na evangelização no sertão, principalmente nos sítios e povoados da zona rural.





VIII – COMO VOCÊ PODE AJUDAR.

1. ORANDO.
à Ore pelos missionários que já estão no campo.
à Ore pelas necessidades apresentadas neste projeto.
à Ore por conversões de pessoas da zona Rural.
à Ore para Deus despertar mais obreiros, parceiros, intercessores, igrejas e pastores para esta parte da seara.
2. CONTRIBUINDO.
à Contribua financeiramente.
à Contribua divulgando o projeto e incentivando outros a se tornarem parceiros.
à Venha participar conosco de um projeto missionário na Zona Rural.

O PROJETO MISSIONÁRIO ALCANÇANDO O SERTÃO desde 1997 vem desenvolvendo atividades e plantando Igrejas no Sertão Nordestino, incluindo a zona rural.
à Temos feito evangelização, discipulados, grupos familiares, ações comunitárias, trabalhos com crianças, impactos evangelísticos, treinamentos, capacitação e apoio a missionários.
à Temos percebido o quanto este povo tem sido esquecido pelos governantes e pela Igreja Evangélica.
à Este povo tem sido vítima da injustiça social e espiritual.
à Conhecendo esta realidade, o PROJETO ALCANÇANDO O SERTÃO criou o Projeto O CLAMOR DOS ESQUECIDOS: QUEM ME VALERÁ? Que é um projeto com o seu foco voltado para o sertanejo e procura alcançar as comunidades rurais do sertão que vive sem a presença da igreja e consequentemente do Evangelho de Jesus.
à Ajude você também na evangelização deste povo tão carente. Ajude a mudar a situação em que se encontra a zona rural do Sertão Nordestino. ATENDA O CLAMOR DOS ESQUECIDOS: QUEM ME VALERÁ? QUE VOCÊ POSSA DIZER: “EIS-ME AQUI”!
à Você pode ajudar a sustentar os nossos missionários que atuam no Projeto.



ADOTE UM PROJETO SERTANEJO E AJUDE A SUSTENTAR UM MISSIONÁRIO NO SERTÃO.

Seja Um missionário...
Seja Um intercessor...
Seja Um mantenedor...
Orando, semeando e colhendo!

“Coopere com o nosso Projeto e ajude a transformar a realidade social e espiritual de vidas do Sertão Nordestino”.
Investir na EVANGELIZAÇÃO do Sertão não é uma caridade: É uma PARCERIA que ajuda a promover a oportunidade de SALVAÇÃO e LIBERTAÇÃO de vidas.






====================================================




Geração Esperança é um projeto social que tem como objetivo socorrer ao necessitado, pois no Sertão Nordestino é muito grande o número de famílias empobrecidas e de pessoas discriminadas e excluídas socialmente. desigualdade social é uma questão presente na nossa realidade. As causas, as razões e os transtornos são inúmeros e, sem dúvida a exclusão social é resultante dos desajustes sociais.

Muitas vezes são pessoas com oportunidades de futuros brilhantes, mas desacreditadas, sem rumo, sem fé. Umageração com tantos recursos para uma vida satisfatória, mas tão vazias de esperança. Pois desconhecem a plenitude da vida, a alegria verdadeira, Aquele que nos pode dar esperança. Nesse contexto encontramos pessoas ainda muito jovens, que já trazem da infância uma carga de amargura, de decepções, castradas dos seus sonhos e sem perspectivas de futuro. Sem Esperança!

Diante dessa realidade, fazemos uma reflexão: O que podemos fazer para reverter esse quadro? Sabemos que não podemos mudar o mundo, mas se unirmos força, se investir nas crianças, muitas coisas iremos conseguir. Nesse sentido, tomamos como desafio de alcançar e desenvolver um trabalho com crianças, independentemente da posição social, da crença e dos costumes de suas famílias, pois oplano de Deus é para todos.

VISÃO

Exercer solidariedade objetivando transformação de famílias sertanejas através de ações socioeducativas, no intuito de ajudar as crianças na construção de conhecimentos, procedimentos e atitudes que lhes favoreçam a inclusão social nos seus diferentes contextos, mas também promover a participação da família em atividades culturais e profissionalizantes, para que haja uma inclusão plena de todos da família.

MISSÃO

Transmitir valores e princípios, tais como: Justiça social, amor, solidariedade, verdade, integridade, transparência, atuando de acordo com a visão integral e sistêmica na valorização da vida, respeitando os direitos das pessoas, bem como as diferenças e individualidades de cada pessoa.

OBJETIVO

Oferecer às crianças a oportunidade de expandir os conhecimentos básicos formais, para o enfrentamento dos desafios do cotidiano, bem como o contato com os ensinamentos bíblicos para nutrição espiritual e desta formafornecer equilíbrio do crescimento mental e físico.Considerando a importância desses conhecimentos para ainclusão social proporcionando às crianças e a sua comunidade, em sua carência e necessidade, umaoportunidade de experimentar o amor e conhecer o valordos princípios cristãos.

FILOSOFIA, AÇÕES E ESTRATÉGIAS

O Projeto Geração Esperança procura aprimorar pré-requisitos para o bom desempenho da criança e adolescente na escola, no convívio familiar, bem como o processo de socialização e cidadania.  O objetivo é preparar a criança, fornecendo-lhe estrutura no desenvolvimento dos seguintes aspectos:

Biológico, Psicológico. Cognitivo, Cultural, Social, Perceptivo, Motor e Sensorial, Físico, Criativo, Artístico e Espiritual.
       
O Projeto faz diferença no desempenho na vida destas crianças e adolescentes sertanejos. Como alicerces, fornecem firmeza, confiança e segurança a fim de que possa enfrentar a vida, consciente de sua capacidade, valor e inteligência, dando-lhe suporte para superar as dificuldades, sem ser desestimulada. Ao mesmo tempo, aprende a desenvolver a vida em sociedade, aprende a respeitar regras e pessoas diferentes daquelas com as quais convive em seu próprio contexto familiar.     
       
As nossas ações são as mais variadas possíveis, pois procuramos motivar a comunidade local a participar das atividades que desenvolvemos. A abrangência varia com a disponibilidade de profissionais e recursos necessários, mas algumas dessas atividades ocorrem com maior frequência, Tais como: Corte de cabelo, distribuição de cestas básicas e roupas, assistência médico/odontológica, oficinas, palestras, cursos de artesanatos, sopa solidária e atividades específicas para crianças com uso da música, palhaços, brincadeiras e historias que falam da salvação ou de assuntos relevantes para o contexto social em que vivem.

O Sertão Nordestino é uma região negligenciada pelas autoridades e até pela Igreja brasileira. Representa um grande desafio para o povo de Deus. Portanto, coopere com o Projeto Geração Esperança e ajude a transformar a realidade social e espiritual de crianças, adolescentes, jovens, famílias e vidas do Sertão Nordestino. Vamos juntos alcançar o Sertão com o EVANGELHO INTEGRAL de Jesus Cristo.

MISSIONÁRIA COORDENADORA

MARIA DO SOCORRO OLIVEIRA SILVA

Casada com o Pr. Silvany Luiz da Silva, é mãe de Vanessa Giovanna e Giovanni Yan, é potiguar da região do Seridó - Sertão do RN. Formada em Serviço Social, Educação Cristã, fez o curso da APEC e tem PÓS-GRADUAÇÃO EM POLÍTICAS PÚBLICAS DE PROTEÇÃO SOCIAL E SERVIÇO SOCIAL. Missionária no Sertão Nordestino nos últimos 19 anos e coordena as ações do Projeto Geração Esperança que pertence ao PROJETO ALCANÇANDO O SERTÃO.


















PARA SABER MAIS SOBRE ESSE PROJETO



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

P.A.S – PROGRAMA ALCANÇANDO O SERTÃO

O ano de 2017 foi intenso! Realizamos vários projetos evangelísticos com o objetivo de alcançar mais e mais a Zona Rural do Ser...