PROJETO


PROJETO ALCANÇANDO O SERTÃO.

Região Nordeste é a segunda região mais populosa do Brasil, com mais de 53 milhões de pessoas. 
O interior dos nove Estados do Nordeste forma o chamado Sertão Nordestino. Uma das regiões mais carentes e problemáticas do mundo. 


redenção do Nordeste é compromisso moral, espiritual e social dos evangélicos de todo o Brasil. Com o Nordeste redimido, em todos os aspectos, o país será melhor. Alguém já disse: "O Brasil é pobre porque o Nordeste é miserável". Mas na verdade, o Nordeste é uma terra rica de gente pobre. 

PROJETO ALCANÇANDO O SERTÃO tem como objetivo cooperar na EVANGELIZAÇÃO da população dessa região, na plantação e no fortalecimento de igrejas existentes. 

Nossa missão é promover, facilitar e apoiar a EVANGELIZAÇÃO do Sertão Nordestino de forma integral e consequentemente estabelecer igrejas com visão missionária. 

TRÊS REALIDADES DA REGIÃO NORDESTE              

Há três REALIDADES no Nordeste do Brasil que A Igreja comprometida com a obra missionária precisa conhecer como 

I. REALIDADE: O NORDESTE DAS CAPITAIS E GRANDES CIDADES. 

As famosas praias, shoppings, comércio movimentado. Neste Nordeste existe uma grande concentração de igrejas evangélicas. Esta IGREJA PRECISA SER DESPERTADA para fazer missões no SERTÃO. 


                              

II. REALIDADE: O SERTÃO NORDESTINO DAS PEQUENAS CIDADES.

É o Nordeste da miséria humana; predominantemente católico, extremamente idólatra, onde o catolicismo popular estar presente na vida do sertanejo.

A crença em Frei Damião, no monte do galo,  em Santa Rita, Padre Cícero e tantos outros ídolos católicos, é cultura sertaneja e tem escravizado o sertanejo. O Sertão nordestino apresenta um dos menores índices de evangélicos do Brasil. Nesta área está à maioria das cidades menos evangelizadas do Brasil. No Sertão a presença da igreja evangélica é tímida e sua influência é fraca e sem expressão. Esta região precisa da proclamação do evangelho de forma abundante. Esta IGREJA PRECISA SER FORTALECIDA pelas igrejas dos grandes centros.
       


III. REALIDADE: A ZONA RURAL DO SERTÃO NORDESTINO. 

Milhares de comunidades rurais, onde vivem cerca de 15 milhões de pessoas, que clamam ano após ano por uma oportunidade relevante de ouvir o evangelho. São vilas, povoados, comunidades e sítios que não têm nenhuma presença da igreja de Jesus Cristo. A realidade do Sertão Nordestino ainda é de milhares de aglomerados humanos (povoados, vilas e vilarejos) sem a presença evangélica. Em algumas localidades os índices são tão alarmantes quando a países da África, Índia e ChinaA mesma situação de países onde é proibido pregar o evangelho. Neste Sertão PRECISAMOS PLANTAR IGREJAS, realizar projetos missionários e investir na EVANGELIZAÇÃO do sertanejo que vive na Zona Rural. 





OBJETIVOS E ESTRATÉGIAS

1. DESPERTAR MOBILIZAR 
igrejas e pessoas em todo o Brasil para que cooperem com a Evangelização do Sertão Nordestino; promover ações específicas com o mesmo objetivo.


2. Investir na FORMAÇÃO, TREINAMENTO CAPACITAÇÃO de líderes do Sertão objetivando transformar o campo em um celeiro de obreiros, principalmente para servir a Deus na sua própria região dentro do seu contexto cultural. 
             
3. LEVANTAR recursos para APOIAR projetos no Sertão Nordestino e ENCORAJAR a igreja sertaneja a cumprir seu papel como corpo de Cristo no Sertão. 
4. REALIZAR projetos de férias nas cidades, na zona rural do Sertão, trazendo pessoas de todo o Brasil para a evangelização, plantação e fortalecimento de igrejas nessa área. 
5. DESENVOLVER trabalho social especialmente nas comunidades rurais. 

METAS E ATIVIDADES

1 - Manter um Centro DE Treinamento Missionário no Sertão Nordestino - Uma escola de treinamento bíblico, teológico, estratégico e acima de tudo prático, que visa fornecer ferramentas de trabalho aos líderes que trabalham no Sertão.
2 - Incentivar a plantação de igrejas no Sertão Nordestino, encorajando a igreja sertaneja a cumprir seu papel como Corpo de Cristo no Sertão. 
3 - Realizar eventos de oração e intercessão em cidades do Sertão Nordestino. 
4 - Identificar igrejas e missionários que atuam ou desejam atuar nessa região e cooperar com elas. 
5 - Mapear e diagnosticar a realidade do Sertão Nordestino, identificando suas necessidades e potencialidades. 
6. Realizar caminhadas de oração com o objetivo de buscar a bênção do céu sobre cidades do Sertão Nordestino.
Entendemos que uma ação evangelística nessa região, profunda e ampla, tem necessariamente de contar com o alicerce firme de um movimento forte de oração. Nossa meta é despertar intercessores em todo o Brasil em favor dessa ação no Sertão Nordestino.      

O DESAFIO DA EVANGELIZAÇÃO DO SERTÃO

O Sertão é a fronteira mais próxima e mais negligenciada da Igreja Brasileira. É o maior desafio missionário da Igreja do Brasil. 

A Igreja do Senhor precisa entrar em ação e anunciar ao povo sertanejo, principalmente os menos alcançados, que JESUS CRISTO É A ÚNICA ESPERANÇA. 

Precisamos atender ao "IDE" e realizar missões no campo sertanejo. CONHEÇA! AME e EVANGELIZE o povo sertanejo. 

Precisamos olhar o Sertão Nordestino não apenas com um CAMPO MISSIONÁRIO, mas também como um CELEIRO DE MISSÕES, pois não temos dúvidas que a EVANGELIZAÇÃO do mundo tenha passagem obrigatória pelo Sertão. 

As sementes do Evangelho que são lançadas no Sertão e as que cairão em terra fértil darão o seu fruto na estação apropriada. Estas sementes representam a esperança para um povo que sofre da pior seca: VIVER SEM A ESPERANÇA DE JESUS CRISTO. 

                            



O SERTÃO É UM CAMPO MISSIONÁRIO QUE CLAMA!

Que este clamor chegue aos ouvidos do nosso coração, gritos de desespero dos povos sem esperança que ainda não ouviram a mensagem de salvação em Cristo. 
Multidões espalhadas pelos confins do Nordeste que carecem de nossa ajuda; ajuda que deve ser urgente e inadiável, pois a cada dia que a mensagem de salvação demora a chegar, muitos morrem sem Cristo. 
São milhares de sítios e povoados, sem nenhum evangélico. Deus, com certeza, não mede a eficiência de uma igreja pelo seu número de fiéis, mas pela prioridade que esta está dando aos não alcançados. 
Queremos transformar este desafio em pedido de oração e também convidá-los a se integrarem neste exército de pessoas comprometidas e dispostas a mudar a situação do Sertão Nordestino. Embarque conosco neste projeto e juntos alcançaremos o Sertão com o Evangelho de JESUS CRISTO. 



PARCERIAS E PRESTAÇÃO DE CONTAS 

1. Parceria: Necessitamos de parceria e investimento para a evangelização do Sertão Nordestino com o objetivo de ampliar a evangelização dessa região, O Projeto Alcançando o Sertão propõe a desenvolver parcerias com igrejas de todo o Brasil e levantar recursos financeiros que serão aplicados na plantação de novas igrejas no Sertão. 
2. Prestação de Contas: Projeto Alcançando o Sertão enviará relatório periodicamente aos parceiros e investidores para prestação de contas. 

GESTORES DO PROJETO 

1.  PR. SILVANY LUIZ DA SILVA 
Pr. Silvany Luiz da Silva é casado com Maria do Socorro Oliveira Silva, é pai de Vanessa Giovanna e Giovanni Yan. É baiano de nascimento e potiguar de coração. Formado em Serviço Social, Bacharel em Teologia e Educação Cristã, tem Especialização na área de Metodologia do Ensino e atualmente é Acadêmico de Direito. Missionário no Sertão Nordestino e fundador de Igrejas em varias cidades do sertão Nordestino, fundador do Projeto Geração Esperança, o Instituto Bíblico do Sertão e do PROJETO ALCANÇANDO O SERTÃO. 
                    
2. MARIA DO SOCORRO OLIVEIRA SILVA. 
Maria do Socorro Oliveira Silva é casada com o Pr. Silvany Luiz da Silva, é mãe de Vanessa Giovanna e Giovanni Yan, é potiguar da região do Seridó - Sertão do RN. Formada em Serviço Social, Educação Cristã, fez o curso da APEC e tem PÓS-GRADUAÇÃO EM POLÍTICAS PÚBLICAS DE PROTEÇÃO SOCIAL E SERVIÇO SOCIAL. Missionária no Sertão Nordestino nos últimos 19 anos e coordena as ações do Projeto Geração Esperança que pertence ao PROJETO ALCANÇANDO O SERTÃO. 


FAMÍLIA MISSIONÁRIA NO SERTÃO

Pr. Silvany Luiz da Silva.
Socorro Oliveira Silva.
FILHOS
Vanessa Giovanna Oliveira Silva
Giovanni Yan Oliveira Silva.


    JUNTOS ALCANÇANDO O SERTÃO!

                  ORE  #  CONTRIBUA  #  PARTICIPE!

CONTATOS:

84 - 99847 - 8939 - TIM
84 - 99438 - 1316 – CLARO
84 - 98807 - 1552 - OI

E-MAIL:

sluizrn@yahoo.com.br
promas97@yahoo.com.br


ABAIXO VOCÊ VERÁ MAIS INFORMAÇÕES SOBRE  O CAMPO MISSIONÁRIO NO SERTÃO NORDESTINO!!!




SERTÃO: UM CAMPO MISSIONÁRIO QUE CLAMA!


O NORDESTE BRASILEIRO tem sido alvo das mais terríveis secas registradas no nosso país. Secas essas que dizimam seres humanos e animais. A seca, a injustiça social e a falta de vontade política, fizeram com os sertões nordestinos se tornassem "miseráveis" e em muitos lugares inabitáveis. No Sertão também milhares de pessoas são vítimas da pior seca e da maior calamidade: VIVER SEM A ESPERANÇA DE JESUS CRISTO. 

A região do Sertão tem sido uma das menos evangelizada do Brasil. Ainda existem muitas cidades com apenas 1% de evangélicos, além de muitas outras vilas, povoados, comunidades e sítios que não têm nenhuma presença da Igreja de Jesus Cristo. 

O povo sertanejo vive escravizado por toda sorte de amarras e mazelas. Precisamos alcançar o Sertão com a mensagem de ESPERANÇA de Jesus. Sua EVANGELIZAÇÃO é questão de honra ao nosso Deus e de socorro ao sertanejo que se degenera numa ignorância que só dá lucro a idolatria e ao reino das trevas.


A TRADIÇÃO E A RELIGIOSIDADE DO POVO SERTANEJO

1. Conservadorismo - Quanto mais velho = mais conservador. 
2. Resistência a novos conceitos - O Evangelho é um novo conceito. 
3. Forte elo nas tradições familiares - "Vou continuar na religião dos meus pais até morrer", "Nasci nesta religião e vou morrer nesta religião". 
4. As Festas do(a) Padroeiro(a). 
Para que haja a emancipação política da cidade, uma grande quantidade de terra (terreno) é doada à igreja católica romana, então é construída a "Matriz" (templo católico) e a cidade nasce ao seu redor. Aqueles que migram para outros Estados ou regiões, por ocasião destas festas voltam a sua cidade, trazendo a oferta para o "santo", para tomar a "bença" aos padrinhos de batismo e rever amigos, parentes e conterrâneos. 
5. As Romarias. 
Tem sido uma grande cadeia que o diabo lança sobre o povo sertanejo. O inimigo tem feito do Sertão Nordestino um laboratório de desgraças e destruição moral, ética e espiritual. Durante anos a Igreja Católica tem mantido o povo oprimido e preso à miséria e a autoflagelação, pois muitos sertanejos já perderam suas vidas fazendo romarias, viajando centenas de quilômetros em cima de caminhões e até a pé para pagar promessas. Outros doaram suas terras à paróquia da sua cidade. Missas, casamentos e batizados sempre são pagos pelos fiéis. 
6. A população é predominantemente católica, idólatra ao extremo e ignorante em relação à Palavra de Deus. As pessoas vivem fechadas na sua religiosidade tradicional, vazia e idólatra. O catolicismo é muito forte, dinâmico, atuante e muito influente. 
7. A forte influência e dominação da Igreja Católica. 
Mariolatria, Cicerolatria, Damiolatria e escravocracia religiosa. 
O Sertão Nordestino é influenciado grandemente pelo catolicismo e seus ídolos. Pe. Cícero, Frei Damião, São Francisco e inúmeros ídolos católicos exercem grande influência na vida cotidiana do sertanejo. 


CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES

A Igreja Católica tornou-se cultura. Quase 100% das cidades e lugarejos possuem um grande templo católico há mais de 100 anos. Em quase todas as cidades existem 03 ou mais templos católicos e em cada vila da Zona Rural também tem um templo. O sertanejo é profundamente místico, sensível, presente e amante do sagrado. 
O maior obstáculo ao avanço missionário no Sertão continua sendo a tradição religiosa do sertanejo. As raízes culturais são profundas e o povo, apesar de acolhedor, não se move muito facilmente do caminho trilhado pelo seus pais. Somente por meio da ação do Espírito Santo de Deus é que os homens são demovidos dos seus caminhos e aceita de bom grado o Senhor Jesus. 

A NECESSIDADE ECONÔMICA DO SERTANEJO

a) A população vive com dificuldades terríveis, pois grande parte da população não possui um salário e outros sobrevivem com uma renda baixa e uma vida difícil. 
b) Poucas opções de trabalho e de atividades econômicas (o índice de desemprego é grande).

A NECESSIDADE DA PRESENÇA DA IGREJA EVANGÉLICA

No Sertão a presença evangélica é fraca, sem influência, inexpressiva e sem força. A evangelização desta região representa um grande desafio á cultura religiosa, a situação socioeconômica da região e principalmente a situação espiritual do povo sertanejo. 

HÁ UM CLAMOR NO SERTÃO: QUEM ME VALERÁ?

"De fato, tenho visto a aflição do meu povo... e tenho ouvido o seu clamor por causa dos opressores" Êxodo 3:7. 

1. É necessária uma ação missionária que corresponda ao clamor do povo sertanejo. 
2. É necessário mobilizar igrejas de todo o Brasil para cooperar na EVANGELIZAÇÃO do povo sertanejo. 
3. É necessário investir na EVANGELIZAÇÃO e plantação de igrejas no Sertão Nordestino, principalmente na Zona Rural. 
4. É necessário apoiar e cooperar com igrejas e obreiros que já estão envolvidos na EVANGELIZAÇÃO do povo sertanejo. 
5. É necessário ABRAÇAR DESAFIO e fazer parte do exército de pessoas comprometidas e dispostas a mudar a situação do Sertão transformando por meio de ações e oração.



O Sertão é a fronteira mais próxima e mais negligenciada da Igreja Brasileira. É o maio desafio missionário da Igreja do Brasil. 

Que o CLAMOR do povo sertanejo chegue aos ouvidos do nosso coração, gritos de desespero dos povos sem esperança que ainda não ouviram a mensagem de salvação em Cristo possa ecoar aos nossos ouvidos.

Há    multidões espalhadas pelos confins do Nordeste que carecem de nossa ajuda; ajuda essa que deve ser urgente e inadiável, pois a cada dia que a mensagem de salvação demora a chegar, muitos morrem sem Cristo. 


São milhares de sítios e povoados, sem nenhum evangélico. Deus, com certeza, não mede a eficiência de uma igreja pelo seu número de fiéis, mas pela prioridade que esta está dando aos não alcançados. 
As sementes do Evangelho que são lançadas no Sertão e as que cairão em terra fértil darão o seu fruto na estação apropriada. Estas sementes representam a esperança para um povo que sofre da pior seca: VIVER SEM A ESPERANÇA DE JESUS CRISTO. 
A Igreja do Senhor precisa entrar em ação e anunciar ao povo sertanejo, principalmente aos menos alcançados, que JESUS CRISTO É A ÚNICA ESPERANÇA! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Alcançando o Sertão

Acreditamos que a proclamação do Evangelho deve ser abundante no Sertão Nordestino, principalmente na Zona Rural, para que assim possam...