quinta-feira, 20 de agosto de 2015

KOMBI MISSIONÁRIA - ÁGUIA DO SERTÃO!





 Águia do Sertão - Este é o nome dado a Kombi do Projeto Missionário Sal da Terra / RN. Com ela nós fazemos as viagens missionárias por cidades, vilas e sítios da zona rural do Sertão. Ela anda no asfalto, estradas de barro e cheias de buracos, e com ela adentramos as serras e lugares inóspitos e de difícil acesso. Tudo com o objetivo de levar o Evangelho de Jesus Cristo aos extremos do Sertão. De sandália ou alpercata, comendo poeira e chão, de jumento ou bicicleta ou na KOMBI DO SERTÃO, o importante é chegar junto e PREGAR a SALVAÇÃO!. Esta tem sido a nossa filosofia na prática. 





A KOMBI MISSIONÁRIA tem sido uma bênção para nós no transporte de equipes, pois ELA nos leva a diversos lugares, tornando-se um excelente instrumento à serviço do Reino de Deus na EVANGELIZAÇÃO do povo sertanejo. 





Com base na nossa NECESSIDADE estamos realizando uma campanha para a REVISÃO DA KOMBI, pois ELA se encontra precisando de ajustes mecânicos, elétricos, pneus e outros serviços que podem ser vistos nas fotos abaixo. 





Desde já agradecemos de coração e de forma antecipada a todos que contribuirão para a REVISÃO DA ÁGUIA DO SERTÃO para assim continuar com condições de nos servir nas viagens que fazemos. 





Acompanhe-nos em oração ou vindo conosco numa das nossas viagens pelo Sertão, afinal, missões não é feita por coisas (inclusive KOMBI), mas por gente como você!!! 


PORTAS: TRANCAS, CILINDROS E BORRACHAS!!!






MALA DA KOMBI: TRANCA E BORRACHAS


BANCOS: REFORMA




PNEUS: TROCA DE TODOS OS PNEUS, INCLUINDO O STEP



Além dos serviços citados acima, temos a parte mecânica e elétrica que também precisa de ajustes e revisão!!!

OBSERVAÇÃO E GRATIDÃO

Nos últimos 3 anos a manutenção desta Kombi tem sido realizada pelo projeto Embaixadores do Sertão, que é liderado pelo Pr. Pedro Sortica, o nosso querido Pedrinho, que tem sido um parceiro de lutas na evangelização do Sertão Nordestino. 


Pedro Sortica






A nossa lavoura morreu, mas não a nossa esperança em Deus!!!

Só quem vai de alguma forma (contribuindo financeiramente, orando e estando no campo) é quem vai ouvir esta frase: a nossa lavoura morreu, ...